6 APRENDIZADOS PARA CRIAR UM POSICIONAMENTO SÓLIDO
  • Lu

6 APRENDIZADOS PARA CRIAR UM POSICIONAMENTO SÓLIDO

Atualizado: 27 de Ago de 2018

“Tudo é uma questão de posicionamento”, fico impressionado até hoje como essa frase faz sentido na minha vida e tem guiado meus negócios.

Vivemos em uma época com muitas informações, opiniões, inferências e falsos fatos. Todos os dias estamos diante da eterna corrida das marcas para alcançar o “top of mind”, milhões de cursos e dicas sobre como ser o primeiro a aparecer nas buscas e mídias. Apesar de tudo, teve uma coisa que não mudou em todos esses anos, desde os tempos de Ford até os tempos dos memes: “Tudo é uma questão de posicionamento”. Esse é seu primeiro aprendizado.


Te convido a fazer uma breve reflexão, pense nas pessoas que mais causaram um impacto positivo na história. Agora pense nas pessoas mais odiadas, as que muita gente tem raiva só de ouvir falar. Eles possuem algumas coisas em comum, mas a mais gritante é o posicionamento. Basicamente suas crenças e propósitos são marcantes, para o bem ou mal. Você pode não concordar com suas ideias ou até odiá-las, mas não podemos negar a existência do seu posicionamento.


Agora vamos sair dessa reflexão e partir para outra, qual o seu posicionamento? Não vou entrar no mérito “vida pessoal” por não acreditar que agora seja o momento, vamos falar de negócios! “Qual o seu posicionamento?”. Engraçado como a resposta não está no Facebook e como a resposta vai muito além do que está escrito no seu site. Arrisco dizer que em poucos minutos é bem complicado de se explicar com perfeição.


Trazendo um embasamento mais teórico, o dicionário define “posicionamento” como [ato de posicionar, de colocar numa posição; disposição.] – Parece óbvio? Como o grande sábio de barba branca que mora na floresta costumava dizer: O óbvio precisa ser dito. Te apresento seu segundo aprendizado.


Caso você tenha deixado passar um detalhe muito importante, vou ressaltar para facilitar sua vida que é cheia de “vamos marcar”. A pergunta que norteia esse texto é “qual o SEU posicionamento?”. Não o da sua empresa, não o do seu sócio, chefe, funcionário ou afins. O SEU. Esse detalhe fará toda a diferença, pois não importa o que você escreva no seu site, na parede da sua empresa, ou diga na Nota Fiscal, durante todas as interações que você fizer, é o CPF que está presente, não o CNPJ.


Posicionamento é o ato de se posicionar, não é o ato de te colocarem em uma posição, nem ver o que as pessoas acham de você ou do seu negócio, é o ato de SE POSICIONAR. Não entender esse ponto custa muito caro, uma vez que a pessoa se sentirá enganada quando conhecer seu real posicionamento, caso ele seja diferente do que sua empresa prega. É a famosa hipocrisia disfarçada. Terceiro aprendizado para a vida: Os valores do CNPJ precisam ser alinhados com os valores do CPF.


Para efeitos de praticidade, podemos ver claramente quem tem um posicionamento forte e definido em uma negociação, onde há muitas variáveis na mesa e uma mistura entre o que eu posso e o que eu quero. Esse conceito só estará claro na sua cabeça quando você souber até onde pode ir e qual é o momento de se levantar de uma negociação. Quarto aprendizado que você pode tatuar nas costas: Só levante da mesa se estiver pronto para ir embora.


Uma vez disseram que não importa o que você pense, desde que fale a coisa certa. Por ingenuidade ou ignorância, no momento pode fazer sentido. Mas em treinamentos e simulações as pessoas tendem a repetir a época de colégio e ignorar a temperatura, pressão e resistência do ar. Quando se está em uma mesa de negociação, em um campo real, você não pode cair no erro de achar que o ar não interfere na queda. Se você fizer errado, não vai aparecer um relatório de erros com um botão de “tentar de novo”. Por isso, você precisa construir seu posicionamento junto com o negócio, para que no momento real, na hora que realmente for necessário, você terá solidez no que diz, será uma pessoa de valores e não preços. Isso não é uma questão de preço e sim de valores. Se você não entende a diferença, volte a estudar filosofia. Se você acha que isso é óbvio demais para merecer sua atenção, volte para o segundo aprendizado. Esse é o seu quinto aprendizado.


Gosto do número 6 (seis), então não poderia deixar acabar no quinto aprendizado. Depois de toda essa nossa conversa, vem seu último aprendizado. Se você ainda não sabe responder a pergunta principal desse texto – qual o seu posicionamento? – volte para o quinto aprendizado. Caso você ainda não tenha entendido, peça ajuda a seus pais ou parentes, eles com certeza poderão te ajudar, pois não importa o que seu CNPJ diga que valoriza, não importa o que esteja escrito na parede, uma empresa é feita de pessoas. Seu sexto aprendizado: posicionamento, antes do CNPJ precisa vir o CPF.


APRENDIZADOS

1- Tudo é uma questão de posicionamento;

2- O óbvio precisa ser dito;

3- Os valores do CNPJ precisam ser alinhados com os valores do CPF;

4- Só levante da mesa se estiver pronto para ir embora;

5- Não é uma questão de preço e sim de valores. Se você não entende a diferença, volte a estudar filosofia;

6- Posicionamento, antes do CNPJ precisa vir o CPF.


E aí, entendeu como criar um posicionamento sólido? Tem alguma dúvida, crítica ou elogio a ser feito? Deixe suas impressões nos comentários! 

Escrito por João Paulo Braga. Sócio da Lumière.

#Posicionamento #Valores #CNPJ #CPF


Dica Bônus!!!


Quer descobrir como aumentar suas vendas de forma agressiva?


Então baixe agora mesmo o ebook da Lu sobre os "8 Passos Para Aumentar Suas Vendas de Forma Agressiva"!


Ele é completo e gratuito!


Basta clicar aqui.

8 passos para aumentar suas vendas de forma agressiva

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

© Lumière. Criado com carinho.