STORYTELLING: O QUE É? COMO UTILIZAR NO SEU DISCURSO?
  • Lu

STORYTELLING: O QUE É? COMO UTILIZAR NO SEU DISCURSO?

"Marketing não é mais sobre o que você faz, mas sim sobre as histórias que você conta." - Seth Godin

Antes de mais nada, se coloque no lugar de um comprador e me responda: 

Qual foi a última vez que você ficou encantado por uma história que ouviu de um vendedor? Qual foi a última vez que foi tão surpreendido em uma negociação que fez questão de compartilhar a história com familiares e amigos? 

Esses casos são raros... E justamente por isso, especiais.


E a diferença desses casos para os demais, em termos práticos, pode estar presente em pequenas ações. Singelas no tamanho, mas grandes no impacto. 


De acordo com Jerome Bruner, a probabilidade de lembrarmos de algo que nos foi contado a partir de uma história é 22 vezes maior do que quando apenas recebemos uma informação genérica, sem nenhum apelo emocional.


Além disso, de acordo com James McSill, sem encantamento, não há vendas nos dias de hoje, pois raramente compramos um produto ou serviço, compramos o sonho ou a esperança de que aquilo nos fará melhores. Se um vendedor não souber extremamente bem como funcionam as histórias, não poderá introduzir um assunto, colocar uma questão, ou muito menos resolver um conflito.


Nesse sentido, podemos definir storytelling como a capacidade de contar histórias de maneira relevante com o objetivo de encantar o ouvinte. 


É um método que promove o seu negócio sem que haja a necessidade de fazer uma venda direta. Em outras palavras, o storytelling tem um caráter muito mais persuasivo do que invasivo.


Pode ser muito interessante utilizar essa técnica para potencializar sua negociação. E para começar a utilizá-la, é interessante responder algumas perguntas bem simples sobre a história que você quer contar. Perguntas como as seguintes: 

1) O que você quer falar?  2) Com quem você quer falar?  3) Por que você quer falar? 4) Onde você quer falar? 5) Quando você quer falar? 6) Como você quer falar? 


Essas perguntas respondidas serão o seu guia, o seu briefing. Depois, ao criar sua história, lembre-se de dar personalidade ao seu conteúdo. Pode ser interessante utilizar histórias reais suas para humanizar o diálogo e torná-lo mais interessante.


Além disso, procure cativar e sensibilizar o seu público. Crie uma história interessante, monte um problema, faça que a solução dele seja seu “clímax” e conclua a história com um final feliz que pode estar conectado com a solução do problema do cliente.


E aí, curtiu o texto? Já sabia o que era storyttelling? Preparado para aplicar esse conhecimento? Tem alguma dúvida, crítica ou elogio a ser feito? Deixe suas impressões nos comentários!

Escrito por Henri de Paiva. Sócio da Lumière.

#Storytelling #Histórias #Argumentação #Negociação



8 passos para aumentar suas vendas de forma agressiva

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

© Lumière. Criado com carinho.